Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cartolinaamarga



Quinta-feira, 22.01.15

Passado

Hoje veio ao acaso falar do passado. Passado esse que dói, que magoa, é uma ferida que teima em não sarar. Também não é fácil. Foram 3 anos e tal da minha vida dedicados a uma pessoa só. Pessoa que se eu pudesse, na altura, dava e fazia tudo por ela. Só eu sei o que sofri, o que chorei, o que cantei e o que sorri com essa história. Era feliz, à minha maneira. Queria ser feliz assim, sobretudo. Tentava ser feliz fechada numa concha em que quase ninguém podia saber por o que eu estava a passar, ninguém podia saber o porquê de eu chorar, de eu rir, de ter aquelas alterações de humor frequentes. Era tudo por causa dele. Que embrulhada que eu me meti. Acho que se fosse hoje não o teria feito. Embora tenha aprendido muito com isto. Tenho a certeza que não seria a pessoa que sou hoje senão tivesse passado por tudo isto. Cresci muito. Antes do tempo até. Não era suposto uma cachopa de 14 anos se envolver com alguém que tinha outro alguém, pois não? Mas eu fi-lo. Durante três anos. Não censuro quem me censurará. Sei que não é o correto porém, para mim, na altura, era o mais que certo. Só o via a ele. Sem tirar nem por. Era perfeito, lindo e maravilhoso. Até que descobri que não. E aí doeu, bati no fundo. Achei que nunca me iria conseguir erguer. Aqui estou eu, livre e erguida. Pronta para novas histórias e novos caminhos. É um passado que agora me liberta e onde descobri tudo sobre o amor, principalmente o seu lado mais sombrio. E finalmente descobri que ' o lado mais triste do amor é não sentir mais nada'. Foi tarde, mas foi. Desejo-te o melhor, de coração.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Posts mais comentados