Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cartolinaamarga



Domingo, 21.05.17

O desespero

Estava no comboio a vir para Coimbra quando dei fé deste parar. Apercebi-me depois que isso aconteceu porque uma rapariga se tentou suicidar ao atirar-se para a frente do comboio. Com sorte (digo eu) uma senhora conseguiu agarrá-la e o maquinista parar a tempo. Vim o resto da viagem a pensar no sucedido e no que podia ter levado a rapariga àquele extremismo. Não estou aqui para julgar ninguém. Só acho que isto não seja solução e que é um ato de extremo egoísmo para contigo e para com os que te rodeiam, que vais abandonar cheios de perguntas sem respostas. Ainda bem que esta miúda se salvou (teve mais sorte que muitos outros). No entanto, esta questão levou-me a outra: quantas vezes os maquinistas ficam com responsabilidade jurídico-penal por casos como este? Casos em que não têm culpa de nada e em que, na maior parte das vezes, nada podem fazer.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Posts mais comentados